Academia Niteroiense de Letras

 


 

Menu

 

Diretoria

Conselho Fiscal

Histórico

Patronos

Atuais Acadêmicos

Ex-Acadêmicos

Principais eventos

Biblioteca

Programação

Endereço

Trabalhos Literários

Revista Virtual

Fale Conosco

 

 


Perfis biográficos


Por Wanderlino Teixeira Leite Netto

wanderlinotlnetto@gmail.com

wanderlino


    


Wanderlino Teixeira Leite Netto (atual ocupante da Cadeira 30)

 

Administrador, professor, escritor, filho de José Marinho Teixeira Leite e de Marina Fabiano Teixeira Leite, nasceu no Rio de Janeiro (RJ), em 28 de julho de 1943, embora seus pais residissem em Barra Mansa (RJ), para onde retornaram com o recém-nascido. Três anos após, radicou-se em Niterói. Cursou o primário e os dois primeiros anos do ginasial no Ginásio Anchieta, de 1950 a 1956. Com o término daquele estabelecimento de ensino, transferiu-se para o Colégio Bittencourt Silva, onde completou o Ginasial e fez o Científico, de 1957 a 1961. Em 1962, estudou no Curso Gay-Lussac, preparando-se para o vestibular de Engenharia. Não logrando aprovação, de dezembro de 1962 a agosto de 1964 cursou o Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR), no 3º Regimento de Infantaria, em São Gonçalo (RJ), sendo declarado Aspirante a Oficial da Reserva de 2ª Classe do Exército. De novembro de 1965 a janeiro de 1966, no mesmo 3º RI, cumpriu estágio de instrução, ao término do qual foi declarado 2º Tenente da Reserva de 2ª Classe do Exército, Arma de Infantaria. De setembro de 1964 a março de 1993, trabalhou na Petróleo Brasileiro S/A – Petrobrás, onde ingressou por concurso, no cargo de Auxiliar de Escritório. Após galgar todos os cargos da carreira administrativa de nível médio, passou a integrar, também por concurso, como Administrador, o quadro de profissionais da Companhia, chegando ao nível III da carreira. Sua formação de grau superior deu-se nas Faculdades Integradas Augusto Motta (SUAM), onde se bacharelou em Ciências Administrativas, ali estudando de 1973 a 1977, e na Faculdade de Formação Profissional Integrada (FACEN), de 1979 a 1980, onde concluiu o Curso de Formação de Professores em Disciplinas Especializadas do 2º Grau, habilitando-se para lecionar “Administração”, “Administração e Organização” e “Organização e Normas”. Na Petrobrás, além de diversos cursos gerenciais, concluiu, em 1978, o Curso de Aperfeiçoamento de Administradores (CAAD). Nos esportes, dedicou-se ao futebol, tendo atuado, entre outros, no Manufatora Atlético Clube (1961), por onde se sagrou tetracampeão juvenil de Niterói, no Esporte Clube União e no Radar F. C., pelo qual foi campeão, em 1965, no último campeonato promovido pela Liga Amadorista de Futebol na Areia (LAFA), na Praia de Icaraí. Atuou também nas seleções juvenis de Niterói e do antigo Estado do Rio de Janeiro. Por Niterói, sagrou-se campeão estadual, em 1962. Integrou, ainda, a seleção fluminense de futebol de praia, pela qual, em 1966, sagrou-se vice-campeão brasileiro. Como escritor, publicou, em edições do autor, Chegança – poemas (1977), De individualidades preservadas à incredulidade do meu zíper – crônicas (1980), Forca de seda – crônicas, poemas e uma narrativa em torno da poesia de Carlos Drummond de Andrade (1981), De quando as letras saíram do Café Paris e chegaram ao Calçadão da Cultura (literatura de cordel – 2004) e Bola na trave: recordações de um quase profissional de futebol - 2014. Pela Shogun Editora e Arte, lançou: Cios e entressafras – crônicas (1983), Movimento circulatório – crônicas (1985) e Vide versos – poemas (1986). Pela Editora Cromos, Contos recontados – ensaio (1988); Ìgbàsílè, poemas para Anastácia & outros poemas – poemas (1991), Ambição do pingo d'gua: viagem ao redor de Jacy Pacheco – biografia (1993), Noturno em Mi Bemol & outros contos ligeiros contos (1995), Andanças andinas –, contos – (1997) e Retrato sem moldura – contos (1999). Pela Editoração Editora Ltda., Paçoca: a foca que sonhava em ser poeta literatura infantil (1999) – em co-autoria com Lena Jesus Ponte, Quatro cantos – narrativa de ficção (2003), Beijo de língua – contos (2007) e Asas na pedra – haicais (2009). Pela Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, Dança das cadeiras: história da Academia Niteroiense de Letras (2001). Pela Niterói Livros, Passeio das letras na taba de Arariboia: o movimento literário em Niterói no século XX (2003) e De quando as letras saíram do Café Paris e chegaram ao Calçadão da Cultura (literatura de cordel – 2009 – 2ª edição). Pela Editora Muiraquitã, Café pingado poemas (2012). Na internet, Pessoas – minicontos (2015) e Poemas de penumbra e claridade (2017). Participou de 37 coletâneas: Anuário dos poetas do Brasil/79 (organizada por Aparício Fernandes), Cante-conte (Petrobrás/1980), Prosa e verso I, II, III, VIII, IX, X, XI e XII (1980, 81, 87, 97, 98, 99, 2000 e 2004), Crônicas de Barra Mansa (1986) e Antologia grebalista II (2002) – publicações do Grêmio Barramansense de Letras (Grebal), Nova poesia brasileira/83 e Nova literatura brasileira/83 (editadas pela Shogun Editora e Arte), Grão: coletânea de prosa e verso (publicada pelo Grupo Grão/1984), Niterói faz e diz poesias (editada pela Prefeitura Municipal de Niterói/1987), Enquanto a bola não rola (Colégio Pedro II/1994), Água escondida (organizada por Neide Barros Rego/1994), Antologia da AMBEP (1997), Edições anteriores I e II (Editora Ágora da Ilha – 1999/2000), Páginas da infância (organizada por Elza Rodrigues – 2000), Um homem, uma mulher (PETROS/2001), Antologia de haicais brasileiros (André Quicé Editor. Brasília/DF – 2003, organizada por Napoleão Valadares), Academia de Letras de Maringá / coletânea (2004 e 2011), VI Concurso de contos PETROS (2006), Haicais ilustrados (Editora Nitpress. Niterói. RJ. Organização: Paulo Roberto Cecchetti. 2007), Antologia literária — Associação Niteroiense de Escritores — ANE (2007), Antologia IFEC de poesias (Instituto Interamericano de Fomento à Educação, Cultura e Ciência. 2008), O cotidiano em prosa e verso: II coletânea quatiense (Prefeitura Municipal de Quatis. 2008), Revista da Academia Cachoeirense de Letras (Ano XLVI – Nº 21) — Academia Cachoeirense de Letras / Cachoeiro do Itapemirim/ES (2008), Revista da Academia Cachoeirense de Letras (Ano XLVII – Nº 22) — Academia Cachoeirense de Letras / Cachoeiro do Itapemirim/ES (2009); Revista da Academia Cachoeirense de Letras (Ano XLVIII – Nº 23) — Academia Cachoeirense de Letras / Cachoeiro do Itapemirim/ES (2010), X Concurso de Contos PETROS (2010), Academia de Letras de Maringá (Coletânea 2011) e Centenário do Quatis Futebol Clube (2016), Antologia literária Jubileu de coral — Associação Niteroiense de Escritores — ANE (2017), Tem poemas publicados em Poesia sempre, edição da Fundação Biblioteca Nacional (número 28, ano 15, novembro/2008). Colaborou nos jornais Letras Fluminenses, de Luiz Magalhães e O Correio, de Paulo França, em O Cais em Revista, de Paulo Roberto Cecchetti e no jornal virtual Ars Clara, de Itérbio Galiano. Colaborou na Revista da AABB, da Associação Atlética Banco do Brasil/Niterói e no jornal virtual Niterói Cultural. Tem textos publicados no site www.aquavitae.com.br. É membro efetivo da Academia Niteroiense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico de Niterói e do Grêmio Barramansense de Letras. Na qualidade de correspondente, pertence aos quadros da Academia Itaocarense de Letras, da Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências, da Academia de Letras de Maringá, da Academia Catarinense de Letras e Artes, do Ateneu Angrense de Letras e Artes e da Academia Cachoeirense de Letras (Cachoeiro do Itapemirim – ES). Co-fundador da Associação Niteroiense de Escritores. Participou, nos anos de 1980/81, do Projeto Manuel Bandeira, patrocinado pela Secretaria de Educação/RJ, que teve por finalidade levar a poesia às escolas, e, em 1987/88, do AFEARTE, movimento patrocinado pela Associação Fluminense de Engenheiros e Arquitetos (AFEA), que objetivou difundir a cultura no município de Niterói. Entre as homenagens e condecorações que tem recebido ressaltam-se: Troféu Arariboia (destaque do ano de 1988, em Literatura, no Estado do Rio de Janeiro), título de Cidadão Barramansense (outorgado pela Câmara Municipal de Barra Mansa/RJ em outubro de 1989), Medalha José Cândido de Carvalho (conferida pela Câmara Municipal de Niterói em setembro de 1992), Medalha Tiradentes (conferida pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro em abril de 1994), título de Cidadão Niteroiense, (outorgado pela Câmara Municipal de Niterói/RJ em setembro de 1994), Medalha Lucy Proença, (conferida pela Associação Niteroiense de Escritores em maio de 2000), Prêmio Niterói Cultura, (conferido pela Associação Niteroiense de Escritores em dezembro de 2001), Medalha Luís de Camões, (conferida pelo Elos Clube de Niterói em agosto de 2004), título de Intelectual do Ano/2005 (conferido pelo Grupo Mônaco de Cultura em dezembro de 2004), Medalha de Mérito Cultural Belas Artes (conferida pela Associação Fluminense de Belas Artes em maio de 2008), Comenda Colar de Cunhambebe (conferida pelo Ateneu Angrense de letras e Artes em março de 2010) e a Comenda IFEC de Cultura (conferida pelo Instituto Interamericano de Fomento à Educação, Cultura e Ciência). Em novembro de 2004, nos XXXIV Jogos Florais de Niterói, organizados pela União Brasileira de Trovadores/seção Niterói, teve seu nome vinculado ao prêmio do tema nacional na categoria vencedores. Recebeu medalha e diploma como homenageado do ano de 2005 no “IV Concurso UPPES de Poesia” organizado pela. União dos Professores Públicos no Estado – Sindicato (UPPES). Premiado, na categoria Literatura, no Concurso Talentos da Maturidade/2008, de âmbito nacional, promovido pelo Banco Real. Criou, com a escritora Lena Jesus Ponte, a Oficina da Palavra Luiz Simões Jesus, que objetivava desenvolver, na produção de textos, as capacidades de observação, de análise, de síntese, de crítica, assim como a estética. Foi Editor de A Cadeira, revista virtual da Academia Niteroiense de Letras. Pai de dois filhos: Christiano Jardim Teixeira Leite (10.11.1973) e Juliana Peralta Teixeira Leite (7.1.1986). Avô de Nícolas Peralta Heckmann (23.4.2018). Endereços eletrônicos – e-mail wanderlinotlnetto@gmail.com  - site: www.wanderlino.teixeira.nom.br