Academia Niteroiense de Letras

 


 

Menu

 

Diretoria

Conselho Fiscal

Histórico

Patronos

Atuais Acadêmicos

Ex-Acadêmicos

Biblioteca

Programação

Endereço

Trabalhos Literários

Revista Virtual

Fale Conosco

 

 

 

 

 

De outros cantos

(Seção destinada à publicação de textos de autores não residentes em Niterói).

 

lieda

 

Lieda Sobrosa é escritora filiada à UBE-GO (União Brasileira de Escritores de Goiás), bacharel em Direito, Compositora, Profa. de piano e Funcionária Pública Federal aposentada.

Iniciou na Arte Literária aos 15 anos de idade, escrevendo poesias e um Diário. 

Nasceu em Carangola - MG, em 14 de novembro de 1937 

Tem 11 livros publicados, sendo 7 livros pela Editora Muiraquitã, de Niterói. 

A autora quer compartilhar com os leitores, reflexões, ideias e inspirações para colaborar por um mundo melhor, onde a Paz e o Amor façam morada da Felicidade para sempre! 

Suas obras estão na Internet, onde podem ser lidas em download gratuito, no site : lieda.sobrosa.wordpress.com,  e no Kindle Amazon.

 

 

                                   As Sementes da Felicidade

 

 Plantei Sementes da Felicidade no Jardim da minha vida, cuidei, reguei, afofei a terra vários dias, e de repente apareceram plantinhas minúsculas que começaram a crescer, e veio o sol, a chuva, a brisa, e fortaleceram o  crescimento das Sementes da Felicidade que planei, cheia de esperança no seu florescer, e eu, a cada dia continuava a alimentar, a vigiar, a proteger das ervas daninhas, a dar o meu carinho àquelas plantinhas tenras, que continuavam a crescer e ficarem mais belas, e logo surgiram os troncos, os galhos, as folhas, os frutos das Sementes da Felicidade, que eu plantara com tanto amor, e que desabrocharam e espalharam a felicidade para todos os viajantes que passavam, as Sementes da Felicidade que plantei, transformaram-se em árvores frondosas que acolhiam na sua sombra, peregrinos cansados, e passarinhos pousavam em seus galhos e ali gorjeavam e faziam seus ninhos, as Sementes da Felicidade que plantei, multiplicavam-se pelos campos e alimentavam vidas, a felicidade penetrava nos corações, e todos começaram a plantar também as Sementes da Felicidade, e só se via sorrisos de felicidade em todos os semblantes, e assim a Felicidade fixou morada no mundo para sempre!!!

 

        

         

Para voltar ao índice geral, clique em Revista Virtual na coluna da esquerda acima. 

Para voltar ao índice desta revista, clique AQUI.


 
 
 

Assine o Livro de Visitas

Leia o Livro de Visitas